Época: Século XX

Origem: Minas Gerais

Autoria: Ignorada

Dimensões (cm): 35,5 x 25,0 x 15,0

Material/Técnica: Madeira esculpida e policromada

Análise Estilística: Obra de fatura popular, confeccionada a partir da reinterpretação de modelos antigos em que o artista se inspirou para a sua criação.

Santana está sentada, em posição frontal, com a cabeça ereta e o olhar direcionado para frente. Nossa Senhora menina esta em pé, de perfil, com a cabeça ereta e o olhar direcionado para baixo. Ambas seguram um livro aberto sobre o colo de Sant’Ana, que envolve a filha com o braço esquerdo. A cabeleira da menina é longa e estriada. Os panejamentos são movimentados, destacando-se a ondulação da lateral direita do manto de Sant’Ana. Banco com pés arqueados e base irregular com recortes.