“Santos Homens, os combatentes da fé”

0 Comentários

10/08/2016 às 18:16

Exposição inédita reúne 30 imagens barrocas brasileiras no Museu de Sant’Ana, em Tiradentes

 

“Só o que faz bem ao homem pode fazê-lo feliz”. Nessa frase de Santo Agostinho está o significado dos santos para os brasileiros dos séculos XVII e XIX, época da corrida do ouro em Minas Gerais. Num mundo marcado por violência e injustiças,  ter uma imagem de um santo em casa, ou em uma igreja, era estar protegido e acalentado, esperançoso em dias melhores. Assim, histórias de fé, tradição, arte e cultura podem ser contadas através das imagens dos santos. E esse é o propósito da exposição inédita “Santos Homens, os combatentes da fé”, que o Instituto Cultural Flávio Gutierrez (ICFG) abre no dia 20 de agosto, no Museu de Sant’Ana, em Tiradentes, seguindo até 20 de outubro, com o patrocínio do Bradesco.

A exposição reúne 30 imagens de artistas populares e eruditos que deram enorme contribuição à arte sacra brasileira, como Aleijadinho, Mestre de Piranga, Francisco Xavier de Brito, Francisco Vieira Servas e Francisco das Chagas. Todas as obras são imagens brasileiras, datadas do século XVIII e XIX, pertencentes a coleções privadas e, até hoje, nunca expostas ao público.

Este conjunto de imagens representa uma mostra significativa da originalidade e do talento do artista brasileiro, cujo acesso ao público constitui significativo esforço de preservação e divulgação da história do país. “O Instituto Cultural Flávio Gutierrez reafirma, assim, a missão que o orienta desde a sua fundação, em 1998: trabalhar, de forma obstinada, em defesa do patrimônio histórico e cultural brasileiro”, afirma Angela Gutirerrez, presidente do ICFG.

Essa rara mostra expressa, ainda, de forma emocionante, a devoção do homem comum aos que, na vivência integral de sua fé, nos legaram os fundamentos de uma ética cristã fundada em valores como a humildade, a coragem, a compaixão e o amor ao próximo. “Os santos dessa exposição foram homens reconhecidos por suas trajetórias e condutas exemplares, dignas de eterna devoção. Mesmo aqueles não não tiveram um caminho inicialmente virtuoso, se destacaram por uma guinada em suas vidas na direção do bem, o que os tornou santos. O importante é que, na biografia de todos eles, o compromisso com a bondade e a caridade foi levado firme até o limite de suas próprias vidas. Com milhões de devotos pelo mundo todo, os santos católicos personificam o desejo de comunhão do ser humano com o Divino que nos ampara e ilumina”, lembra Angela Gutierrez.

 

Serviço:

Exposição “Santos Homens, os combatentes da fé”

Local: Museu de Sant’Ana – Rua Direita, 93 (entrada pela Rua da Cadeia), Centro, Tiradentes (MG).

Data/horário: 20 de agosto a 20 de outubro – quarta a domingo, 10h às 19h

26/8 a 4/9 – durante o Festival de Gastronomia de Tiradentes o museu funcionará de segunda a domingo, de 10h às 19h

 

Informações: www.museudesantana.org.br / Telefone: (32) 3355-2798 Entrada Gratuita

 

 

 

 



Envie seu Comentário

Seu email não será divulgado. Os campos marcados com * são obrigatórios.

77 + = 78



Implantação e Obra

134328-1_GDE LEIC MG para Site MUS
bndes
Apoio Financeiro
iphan ufmg2 ufmg1 rodrigomello
Parceiros de Implantação

Mantenedores

LOGO INSTITUTO CCR
Patrocínio Master
OI laranja Logo Cemig 1608
Patrocínio

Realização

LogoSite ICFG-MUS MINC HORIZONTAL 2016
SEC MG para site MO
Incentivo